top of page

Freixedas é uma freguesia portuguesa do município de Pinhel,  com 33,11 km² de área e 735 habitantes (censo de 2021).

A sua densidade populacional é 22,2 hab./km². É a segunda freguesia mais habitada do concelho, logo a seguir a Pinhel.

Freixedas fica situada entre as cidades de Pinhel e da Guarda sensivelmente a mesma distância entre a capital municipal (Pinhel) e a capital distrital (Guarda). Outras cidades relativamente perto: Trancoso, Meda, Sabugal, Gouveia, Seia, Foz Côa, Covilhã, Mangualde e Viseu.

Vilas próximas: Vila Franca das Naves (município de Trancoso), Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida, Vilar Formoso (município de Almeida), Celorico e Aguiar da Beira.

Para além da aldeia sede, a freguesia de Freixedas integra as anexas:

Espedrada,

João Durão,

Moinhos de Aveia

Prados.

Freixedas

imagem copy.png

FREIXEDAS

Espedrada

É uma anexa das Freixedas, situada a 4 Km ao sul da freguesia. O seu nome deriva de Nossa Senhora da Esperada, que dizem ter aparecido naquele local. Tem uma história muito antiga e interessante, quase lendária, que vai passando de geração em geração.

Espedrada vem de Esperada ou Esperançada porque, segundo reza a tradição, no lugar da Senhora Velha apareceu, num dia 15 de agosto, Nossa Senhora Esperada ou Esperançada.

Para perpétua memória de tão extraordinário acontecimento, e para agradecer os muitos milagres que Nossa Senhora fazia aos que ali vinham implorar-lhe os muitos milagres, construiu-se,

no referido local, perto dos limites de Avelãs da Ribeira e do Codeceiro, uma capela que, mais tarde, foi demolida, tendo sido construída a atual capela.

João Durão

É uma anexa das Freixedas. O seu nome deriva das contendas e constantes desinteligências entre dois irmãos, dos quais um era duro e teimoso, mas o outro, que se chamava João, era ainda mais duro e mais teimoso e, por isso, lhe chamavam João Durão. Fica no fundo dum pequeno vale e é atravessado por uma ribeira que dá beleza e fertilidade às suas terras.

A Capela de João Durão começou a construir-se em dezembro de 1964, tendo a primeira missa na capela sido celebrada a 31 de julho de 1966.

Moinhos de Aveia

É a mais pequena das quatro anexas de Freixedas. O nome vem de “Moinhos da Veia”, por sempre ali ter havido moinhos acionados pela água da ribeira, que corre por pequenos valados chamados veias. O sítio é interessante e bonito, principalmente na Primavera e no Verão.

Há ali uma capela muito antiga, mas muito pequena, dedicada a Nossa Senhora da Saúde,

à qual recorrem aflitos e doentes, pedindo-lhe remédio para os seus males.

Prados

É a maior anexa das Freixedas. Chama-se assim por causa dos bons campos e lameiros que servem de pasto aos animais. Fica a 4Km a nordeste das Freixedas e, antigamente, era formado por duas quintas que hoje estão ligadas e não se distinguem uma da outra: a Quinta de Cima e a Quinta de Baixo, como se lê em documentos antigos, nomeadamente no Dicionário Geográfico, elaborado no tempo do Marquês de Pombal. Sabe-se que já existia no tempo dos Romanos, que ali tinham uma praça.

PRADOS.png
ESPEDRADA.png
JOÃO.png
bottom of page